Nesta sexta-feira, 11, o Inquérito Policial do caso Brenda, que teve início no dia 13 de setembro com o desaparecimento da adolescente, chega ao fim. Jeferson Quadros Peres, autor do delito, foi indiciado por Homicídio Quadruplamente Qualificado e está em prisão preventiva.

Segundo a Policia Civil, Jeferson contou detalhes do crime e não mostrou nenhum sinal de arrependimento, dando indícios de frieza em todo o momento que contava como realizou o delito. Jeferson afirmou cometer o crime por raiva da mãe da adolescente que não quis dar continuidade ao relacionamento, mesmo com todas as investidas.

Após o Delegado Lucas ser indagado pelo que exatamente Jeferson estava sendo indiciado, ele afirma "as investigações nos mostraram que o indivíduo praticou o crime pela motivação torpe, de meio cruel, traição e feminicídio, caracterizando assim Homicídio Quadruplamente Qualificado".

Uma das perícias solicitadas ao IGP (Instituto Geral de Perícias Araranguá), afirma que havia sangue no veículo, porém a quantidade encontrada juntamente com o relato de Jeferson, confirma que Brenda não foi golpeada dentro do automóvel. O sangue encontrado pertencia as roupas que foram utilizadas pelo autor para limpar o sangue da vítima que havia ficado em seu corpo.

Jeferson também afirma não ter tido contato sexual com a adolescente, o exame de localização de esperma e PSA permanece pendente até o momento, Polícia Civil aguarda resultado.

O inquérito será finalizado nesta sexta-feira e será encaminhado para comarca de Santa Rosa do Sul, tendo em vista que as investigações concluíram que a consumação do delito tenha sido na cidade.