Uma ex-diretora do Centro de Educação de Jovens e Adultos de Araranguá (CEJA), foi presa no bairro Jardim das Avenidas em Araranguá. A prisão aconteceu por volta das 12h desta quarta-feira, 21.

Wanessa Pelegrini Pereira, de 49 anos, foi abordada pela PM, que checava a documentação do veículo dela que estava atrasada. Além disso, no sistema da polícia acusou que Wanessa estava com um mandado de prisão em aberto.

A condenação em segunda instância foi expedida pela 1ª Vara Federal de Criciúma e descreve a sentença condenatória, com pena fixada de 4 anos, 5 meses a 10 dias de reclusão, em regime inicial semiaberto com mais 55 dias de multa.

Wanessa Pelegrini Pereira vai para a prisão por ter infringido o artigo 312 do código penal brasileiro que discorre sobre o crime de peculato.

Segundo denúncias iniciais do processo e que a levaram a condenação, entre os anos de 2005 e 2007, Wanessa desviou R$ 25.773,00 do “Programa Brasil Alfabetizado”, vinculado à Secretaria de Educação. O valor foi dividido em 36 cheques e depois depositados na conta da ex-diretora.