Dois casos de Maria da Penha foram registrados no domingo, 23. Um casal partiu para vias de fato após discussão, na Rua Francisco Caetano lumertz, bairro Januária em Sombrio, e o outro por volta das 22h, no bairro Jardim Ultramar, Rua w4, em Balneário Gaivota.

No primeiro caso de agressão o homem teria o feito por ciúmes a esposa, deixando-a com lesões no braço e boca. Em rondas a guarnição procurou o acusado e não o encontrou.

Já no segundo caso, o autor teria coagido e ameaçado a vítima, sua esposa, a entregar a arma (revolver calibre 32) que estava em posse do casal, declarando que devesse fazer isso, para não piorar a situação. Após entregar a arma para o marido, ela fugiu à um bar próximo e entrou em contato com a polícia. Com a denúncia feita pela vítima, a Policia Militar se deslocou até o bar, e revistou o acusado. Não foi encontrada a arma de fogo. O masculino foi algemado e levado até delegacia para prestar esclarecimentos. Ele nega os fatos e alega ter bebido muito no dia.