Um professor de 40 anos de idade foi encontrado morto na residência dele por volta 18h desta quarta-feira, 15. O apartamento onde ele morava fica em cima da “Galeria Araranguá”, na Avenida Sete de Setembro no centro de Araranguá. Moradores do residencial sentiram a falta do homem que estava ausente há dois dias. Chamaram a PM.

Segundos testemunhas o homem aparentava estar com depressão. Ele lecionava aula de física em uma escola particular e uma universidade de Araranguá.

A Polícia Militar foi a primeira a chegar no apartamento. Constatando a morte do homem chamou o Instituto Geral de Perícias (IGP). O corpo segue agora para o Instituto Médico Legal (IML) onde deve passar por necropsia e em seguida ser liberado para a família.