Um inquérito policial foi instaurado no caso de um idoso morto no distrito de Ilhas, em Araranguá. O delegado Lucas Fernandes da Rosa da Delegacia de Investigações Criminais (DIC), está ouvindo fontes importantes na tentativa de montar o quebra cabeça deste caso e saber então quais as causas que levaram à morte da vítima.

“Indícios apontam que o caso seja de latrocínio. Roubo seguido de morte. Pedi que o corpo do idoso fosse encaminhado para o IML para fazer a necropsia e apontar a causa da morte. O IGP, também foi acionado, para que seja levantado um laudo do local. Até porque o corpo foi mexido. Alteraram a cena do crime. Estão previstas diversas diligencias para solucionar este caso”, afirmou o delegado.

Na última terça-feira, 16, um homem de 76 anos foi encontrado morto dentro da residência dele no distrito de Ilhas. Um vizinho não havia mais visto o idoso desde o domingo, 14. Após sentir falta resolveu ir até a casa, onde sentiu um forte odor.

Os filhos foram comunicados do fato. Uma das portas da residência foi arrombada. O corpo do idoso estava no chão de um dos quartos, já em estado de decomposição. Uma funerária recolheu o cadáver. Os familiares perceberam a falta de alguns objetos e fizeram um boletim de ocorrência sobre o ocorrido na Central de Polícia de Araranguá.