Está tramitando na Assembleia Legislativa um projeto de Lei que dispõe sobre o bem-estar das mulheres. Ele prevê o apoio de casas noturnas, bares e restaurantes caso elas se sintam em situação de risco. Segundo dados do Secretaria do Segurança Pública de Santa Catarina, os casos de violência contra a mulher estão acima da média nacional, e a autora do projeto defende que esta será mais uma forma de defesa feminina.

A lei é de autoria da deputada Ada Faraco De Luca (MDB), e determina que estes locais prestem o acompanhamento a mulher até o carro ou a ajude pedir outro meio de transporte, além de auxílio para chamar a polícia, caso ela se sinta importunada. “O projeto é mais uma ferramenta para tentar frear o frequente assédio e mesmo a violência que as mulheres catarinenses vem sofrendo”, explica a deputada.

Segundo o texto do projeto os estabelecimentos deverão fixar cartazes nos banheiros femininos e em outros ambientes de visibilidade, levando as informações para as clientes. Os locais também deverão orientar seus colaboradores sobre como ajudar as mulheres que procuram por ajuda.

Fonte: Alesc