A região ainda contabiliza os danos e prejuízos do temporal da última quinta-feira. Além da falta de energia – que atingiu mais de 20 mil unidades, houve também destelhamento de casas e queda de árvores, que geraram diversos transtornos à população.

O Corpo de Bombeiros de Araranguá atendeu uma ocorrência de queda de árvore, que segundo o tenente Bianchi, foi a única ocorrência de vulto na região da Amesc registrada na sexta-feira, 11, em virtude do temporal de quinta. “No local tratava-se de uma árvore "melia azedarach" (nome popular sinamomo) dentro de uma propriedade particular caída sobre um automóvel VW Gol de Araranguá/SC e obstruindo a entrada da propriedade”, relata.

A guarnição fez o corte de todos os galhos utilizando motosserras, escada e cabos. “Após cortar todos os galhos, liberar o automóvel e também a entrada da propriedade a guarnição deu orientações ao proprietário e deixou o local sob seus cuidados”, finaliza.

Sem energia

Algumas regiões da cidade de Araranguá só tiveram o serviço de distribuição de energia reestabelecido na madrugada deste sábado, 12. No bairro Cidade Alta, no trecho da rua Antônio Bertoncini, o serviço só voltou a funcionar depois das 3h da manhã.

Se alguma comunidade ainda estiver sem energia, a orientação da Celesc é entrar em contato por meio do telefone (0800 48 0196) ou enviar mensagem SMS para o número 48196, com o seguinte texto: sem luz e o número da unidade consumidora.