Após um acidente ter tirado a vida de um menino de 11 anos, que morreu eletrocutado no final da tarde de ontem domingo (10), na própria casa localizada no bairro Boa Esperança, em Sombrio, que na manhã desta terça-feira dia 11, foi realizada uma perícia minuciosa, para tentar buscar a causa deste fato, que deixou a localidade e o extremo sul chocados. Estiveram presentes no local, agentes do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Araranguá, agentes da Polícia Civil de Sombrio e técnicos da Celesc, além de testemunhas e familiares do garoto.

A Polícia Civil está tratando o caso como uma morte acidental por choque elétrico, pois segundo testemunhas, o menino teria ido até o açude e quando foi pegar na extensão de energia, que é usada para ligar o motor, acabou levando um choque que causou uma parada cardiorrespiratória que o levou a morte.

O pai da vítima ao ver o filho caído, sem saber o que teria acontecido, correu e, ao pegar a criança no colo, também recebeu a carga de energia elétrica, ficando paralisado. O homem também foi socorrido e está em recuperação.

O acidente ocorreu por volta das 18h50min de domingo (10), quando Corpo de Bombeiros, Samu e Polícia Militar foram acionados para atender a ocorrência de choque elétrico, envolvendo pai e filho. Apesar das manobras de ressuscitação, o menino não resistiu e morreu minutos depois.