A pedido do vereador, José Carlos da Rosa, o Neno Fontoura, o delegado de polícia, Jair Duarte, que responde há um mês pela Central de Polícia – que funciona em regime de plantão para atender três Comarcas da região, participou da sessão de quarta, 7, na Câmara de Vereadores de Araranguá.

Antes de iniciar a ordem do dia, o delegado expôs no plenário aos vereadores as dificuldades que a Polícia Civil vem enfrentando na própria Central, sediada na cidade. Duarte enumerou os problemas com a estrutura que dificultam o atendimento à população. Além do efetivo ser insuficiente para responder a demanda de delitos que são registrados, falta até mesmo produtos de limpeza. Reclamou ainda da falta de apoio do Governo do Estado, responsável pela Segurança Pública e que deveria manter, pelo menos, a estrutura funcionando adequadamente. “O melhor veículo que usamos na central, para que todos tenham noção, foi doado com recursos da Câmara de Vereadores no ano passado. O Governo do Estado não está cumprindo com o mínimo. Muitas vezes, tiramos do próprio bolso o dinheiro para pagar algumas despesas”, disse.

Os pedidos foram formatados em um documento entregue para o presidente da casa, Daniel Viriato Afonso, que junto dos demais vereadores estudará formas de ajudar os policiais. “Tentaremos auxiliar a Polícia Civil nestes pleitos. Lamentamos a falta de cuidado com a Segurança Pública por parte dos agentes responsáveis”, comentou o presidente.

Fonte: Morgana Daniel