A Polícia Militar de Araranguá foi acionada na tarde desta quinta-feira dia 12, para atender uma ocorrência de assalto em uma joalheria e ótica, localizada no bairro Coloninha. As vítimas informaram que por volta das 16h15min, uma mulher entrou no estabelecimento e pediu para ver alguns relógios, momento em que dois comparsas entraram no local com os rostos encobertos.

Um estava armado com uma faca e o outro, fazia menção de estar armado. Os criminosos exigiram que dinheiro e relógios fossem colocados dentro de uma mochila preta. Após roubaram aproximadamente 15 relógios, uma quanta em dinheiro (não divulgada), aparelho celular e uma carteira contendo documentos e mais dinheiro, o trio fugiu correndo em direção a Igreja São Pedro.

No local os militares colheram informações como características físicas e vestes, sendo informados de que os marginais adentraram na mata atrás da Igreja. Outras viaturas foram em apoio e uma varredura foi realizada nas adjacências.

Na parte superior do morro, militares localizaram um jovem, que não soube explicar o que estava fazendo no local, sendo ele reconhecido como um dos autores. Próximo ao suspeito R.G.J.J., os policiais encontraram e apreenderam um moletom de cor preta, calça, e uma bandana branca. Durante as buscas pela mata também foi localizado jogado uma calça, outro moletom preto e uma bandana vermelha. Todas as vestes foram reconhecidas como sendo as utilizadas no roubo.

Diante dos fatos o acusado foi preso e encaminhado para a Central de Plantão Policial, sendo autuado em flagrante pelo crime de roubo, pelo delegado Henrique Muxfeldt. Os demais comparsas envolvidos no assalto não foram localizados, assim como os produtos do roubo.

Fonte: Diogo CCR