Durante dias, a equipe da Divisão de Investigação Criminal de Araranguá, coordenada pelo delegado Lucas Fernandes da Rosa, trabalhou incessantemente para identificar e prender os autores de um roubo praticado em meados de abril, na Vila São José.

Durante a investigação, os policiais conseguiram identificar um dos marginais envolvidos no crime que chocou a população, pois as vítimas foram uma mulher e dois filhos menores. Conforme o coordenador da DIC, foi representado ao Poder Judiciário pelo mandado de prisão preventiva do suspeito e na tarde desta terça-feira, dia 8, o Poder Judiciário deferiu o pedido.

“Assim que o mandado chegou nas nossas mãos, eu e minha equipe saímos no encalço do acusado, na tentativa de prendê-lo. Após incessantes buscas, já por volta das 19h20min, o acusado foi localizado na Rua Edgar Rodolfo Rick, no bairro Divinéia”, esclareceu a autoridade policial, salientando que o jovem foi abordado no momento em que chegava em sua residência.

O rapaz de 18 anos foi preso e levado à delegacia de polícia. Anda conforme o delegado Lucas, as investigações continuam a fim de identificar o segundo assaltante flagrado nas câmeras de segurança da rua.

Relembre o Crime

No início da noite do dia 16 de abril, um assalto foi registrado na Rua Brasiliano Vieira Maciel, na Vila São José, em Araranguá. Uma mulher caminhava em via pública, quando por volta das 18h45min, já próximo a sua residência, foi abordada por dois jovens, aparentemente adolescentes, os quais fizeram menção de estarem armados, mandaram ela ficar quieta e roubaram uma bolsa e um aparelho celular. Na ação criminosa, a vítima estava acompanhada de dois filhos pequenos, sendo que um foi derrubado por um dos marginais.

Fonte: Diogo CCR