O primeiro semestre de 2017 foi marcado por um trabalho intenso da Polícia Militar na defesa da população da região da AMESC. O Batalhão, sediado em Araranguá, possui três Companhias. A da Cidade das Avenidas é comandada pelo capitão Diego Schwartz, em Sombrio, pelo capitão Luiz Paulo Fernandes e em Turvo, pelo 1º tenente Rogério Ferrigo.

Analisando os números de 1º de janeiro a 30 de junho, percebe-se um aumento considerável das operações policiais nessas cidades, trabalho que trouxe grandes resultados.

Na área da 1ª Companhia, que abrange as cidades de Araranguá, Balneário Arroio do Silva e Maracajá foram realizadas 391 prisões. Além disso, foram apreendidas 1,297 Kg de maconha, 776 pedras de crack, 1,906kg de cocaína, quatro pés de maconha, 557 comprimidos de ecstasy, 18 pontos de LSD, 20ml de sananga (colírio alucinógeno) e seis gramas de cristal. Também foram apreendidos três revólveres calibre 38, um revólver calibre 32, um revólver calibre 22, uma pistola calibre 380, duas espingardas e uma garrucha. Os policiais militares também recuperaram 33 veículos furtados ou roubados.

Na área da 2ª Companhia, que abrange as cidades de Sombrio, Balneário Gaivota, Santa Rosa do Sul, São João do Sul, Praia Grande e Passo de Torres, 305 prisões foram realizadas. Em relação às drogas, foram apreendidas 2,553kg de maconha, 693 pedras de crack, 115 gramas de cocaína, dois pés de maconha, 84 comprimidos de ecstasy e três pontos de LSD. Foram apreendidas nove armas, sendo um fuzil, três revólveres calibre 38, um revólver calibre 32, dois revólveres calibre 22 e duas garruchas. Além disso, 20 veículos foram recuperados.

Na área da 3ª Companhia, que abrange as cidades de Turvo, Meleiro, Morro Grande, Jacinto Machado, Ermo e Timbé do Sul, 88 prisões foram realizadas. Foram apreendidas 69 gramas de maconha, 10 pedras de crack; 21 gramas de cocaína e um pé de maconha. Também foram apreendidas cinco armas, sendo dois revólveres calibre 32, uma espingarda e duas garruchas. Nesta área, três veículos furtados ou roubados foram recuperados.

No total, foram realizadas 784 prisões, apreendidas 23 armas e recuperados 56 veículos furtados ou roubados. Esse número de prisões abrange tanto os criminosos adultos, quanto os adolescentes apreendidos pela prática de atos infracionais.

A soma total das drogas resultou em 3,898kg de maconha, 1.479 pedras de crack, 2,042kg gramas de cocaína, sete pés de maconha, 641 comprimidos de ecstasy e 18 pontos de LSD. "O trabalho de prevenção com inúmeras operações policiais e a pronta-resposta efetiva resultam na expressiva quantidade de prisões e apreensão de drogas e armas de fogo, bem como na recuperação de veículos alvos dos criminosos. O empenho de oficiais e praças tem sido fundamental para o alcance dos números apontados", ressalta o comandante do 19º BPM, tenente-coronel Maike Adriano Valgas.

Além de atuar na esfera da repressão e fiscalização, a Polícia Militar também atua na prevenção, através do Programa Rede de Vizinhos, rondas escolares, bancárias e comerciais. Este trabalho aumenta a segurança das pessoas que estudam, trabalham ou frequentam estes estabelecimentos.

Fonte: Franciane de Bitencourt Soldado PM – Auxiliar P5