O Corpo de Bombeiros de Araranguá foi acionado por volta das 13h30min desta quarta-feira (14), para atender uma pessoa que havia sido alvejada por disparo de arma de fogo. O fato aconteceu na Vila Samaria, popularmente conhecida como “Buraco Quente”, no centro de Araranguá.

A Polícia Militar também foi acionada e no local, os socorristas encontraram a vítima deitada de lado, pois havia sido alvejada na nádega. Aos bombeiros e aos militares o homem de 48 anos, que é usuário de drogas e morador de Maracajá, contou que o tiro foi acidental. O homem foi levado ao Hospital Regional de Araranguá.

Diante dos fatos, a Polícia Militar acionou a Polícia Civil e, os militares acompanharam o delegado Marlon Bosse, coordenador da Central de Plantão Policial (CPP) e seus agentes, em diligências para localizar o possível autor do disparo.

Um jovem de 20 anos foi apontado como possível autor do delito e após ser localizado pela polícia, foi encaminhado à delegacia, onde negou a autoria do crime. Os policiais levaram uma foto do suspeito até o HRA e a vítima não o reconheceu como sendo o autor do disparo e ainda afirmou que ele foi feito de forma acidental, porém não sabe o nome da pessoa que atirou.

O suspeito reside em Araranguá, mas não no “Buraco Quente”. Ele prestou depoimento e foi liberado no fim da tarde.

O delegado Marlon instaurou Inquérito Policial (IP) para apurar os crimes de disparo de arma de fogo e lesão corporal.

Fonte: Diogo CCR