O Corpo de Bombeiros precisou de mais de três horas para combater as fortes chamas de um incêndio em vegetação que por pouco não atingiu residências e terminou em tragédia. A ocorrência foi registrada as 21h58min de ontem, dia 14 na comunidade de Areias Claras em Balneário Gaivota.

Segundo os Bombeiros o incêndio em vegetação rasteira de grandes proporções oferecia riscos a residências e exigiu que fosse realizado combate com uso de abafadores e bomba costal, pois o local também não possuía acesso para entrada da viatura e ficava próximo a plantações de pinheiros.

Após extinção das chamas e controle da situação a guarnição retornou ao Quartel. Os Bombeiros revelaram ainda que durante todo o período de atuação no local, o que durou aproximadamente três horas, as demais viaturas do trem de socorro permaneceram paradas e o quartel desguarnecido. O que chamou a atenção dos Bombeiros é que durante o período da tarde a guarnição já havia combatido outro incêndio em vegetação nesse mesmo local encontrando restos de estopas e garrafas de combustível caracterizando a suspeita de ação humana direta, ou seja incêndio provocado de forma criminosa.