O aspirante Felipe é graduado em Direito, pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e especialista em Direito Processual Aplicado pela mesma instituição. É natural de Curvelo-Minas Gerais, e ingressou no curso de formação de oficiais em 05-05-2015. Antes de ingressar na Polícia Militar, foi agente de Polícia Civil em Belo Horizonte-MG e advogado. É solteiro e não tem filhos.

A carreira dos oficiais inicia na graduação de cadete (denominação dada ao ingressar no Curso de Formação de Oficiais). Após o curso, os aprovados são promovidos a aspirante-a-oficial, realizando um estágio de seis meses, para depois ser promovido a 2º tenente.

Sobre suas perspectivas na função junto ao 19º Batalhão de Polícia Militar de Araranguá, o aspirante Felipe afirmou: “Estou muito feliz de conseguir cursar meu aspirantado junto ao 19º BPM. Desde o Curso de Formação de Oficiais, ouço comentários positivos sobre a tropa deste batalhão e espero somar junto ao comando para que possamos prestar um bom serviço à população do extremo sul catarinense”.

Em relação à chegada do aspirante a oficial, o tenente coronel Cristian Dimitri Andrade, comandante do 19º BPM, afirmou: É com muito prazer que recebemos o aspirante Felipe para somar a equipe de oficiais do nosso Batalhão. Esperamos contar com ele para participar dos projetos na área de gestão em segurança pública, a fim de agregar valores e usar os seus conhecimentos na prática, para que possamos continuar a prestar um serviço de qualidade à comunidade e podermos crescer como instituição".

Fonte: Denise Munereth