Lideranças de diferentes municípios de Santa Catarina participaram, na noite dessa quarta-feira, dia 6, no plenário da Assembleia Legislativa, da audiência pública que reivindica a contratação, por parte do Governo do Estado, dos excedentes, que foram aprovados no concurso público para a área da segurança pública (Polícia Militar, Polícia Civil e IGP).

O presidente da Câmara de Araranguá, vereador Rony da Silva (DEM), participou ativamente do ato. "Essa mobilização comprova, mais uma vez, que os municípios estão unidos pela qualificação da segurança pública. Todos sabemos que os agentes deste setor são profissionais dedicados, abnegados e exemplares, o problema é que há anos ocorre defasagem na quantidade de trabalhadores.

Essa situação provoca um acúmulo de funções e desgaste natural nos profissionais da Polícia Militar, Polícia Civil e IGP. Em consequência disso, a audiência pública é fundamental para expor publicamente o preocupante cenário. Nesse contexto, a contratação dos excedentes amenizaria a falta de pessoal, além de evitar novos gastos com mais concursos públicos e dinamizar o processo", disse.

Na Câmara de Vereadores, o vereador já fora autor de propostas solicitando que o Governo do Estado avaliasse a situação e viabilizasse o ingresso dos excedentes aprovados no concurso público para a área da segurança pública.

Fonte: Clara Emanuela de Brito Silva