O Instituto Geral de Perícias – IGP, de Araranguá, divulgou nesta segunda-feira, (04/01), os números finais de 2015 com relação a ocorrências, homicídios, exames e demais serviços prestados pelo órgão. Dentre os números, o IGP listou que em 2015 houve um aumento de 29,41% no número de homicídios no Vale do Araranguá.

Em números exatos, em 2015 foram registrados 22 homicídios, ante 17 registrados em 2014. Do total de ocorrências por gênero, 86% envolveram homens e 14% mulheres. Já as mortes por acidentes se mantiveram estáveis, tendo 2015 registrado o mesmo número do que em 2014: 49.

A morte em geral por idade, teve em 2015 maior número entre 21 a 30 anos. Confira todos os dados por idade a seguir:

De 0 a 10 anos: 1 morte;

De 11 a 20 anos: 13 mortes;

de 21 a 30 anos: 23 mortes;

De 31 a 40 anos: 21 mortes;

De 41 a 50 anos: 20 mortes;

De 51 a 60 anos: 16 mortes;

De 61 a 70 anos: 9 mortes;

De 71 a 80 anos: 8 mortes;

De 81 a 90 anos: 4 mortes;

De 91 a 100 anos; zero mortes.

O relatório foi confeccionado por Filipe de Freitas Gonçalves. A seguir, confira mais números divulgados pela instituição.

Outros números

Morte natural: 8

Morte natural indeterminada: 1

Colisão/capotamento: 42

Atropelamento: 7

Acidente/queda: 2

Acidente/asfixia: 1

Acidente/afogamento: 8

Acidente/Eletroplessão: 1

Acidente/Intoxicação: 3

Homicídio/arma de fogo: 11

Homicídio/asfixia: 2

Homicídio/arma branca: 7

Homicídio/instrumento cortante: 2

Suicídio/arma de fogo: 2

Suicídio/intoxicação: 2

Suicídio/enforcamento: 16

Suicídio/arma branca: 0