Lucas Sabino/Especial 

Diminuir filas de espera na rede de saúde pública municipal, readequar a infraestrutura de postos de saúde e melhorar os atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) são algumas das prioridades da Prefeitura de Criciúma. Somente nas próximas semanas, o governo municipal, além de inaugurar obras de reformas em três unidades, realizará a entrega de dois novos postos às comunidades: UBS Sangão e UBS Vila Zuleima. Os investimentos ultrapassam R$ 1,3 milhão.

As primeiras entregas de melhorias estão programadas para sexta-feira (18), nos bairros Cidade Mineira Velha e São Roque. Nos locais, foram concluídos serviços de pintura, reforma de telhados, modernização da rede elétrica e troca de revestimentos das unidades. “Essas readequações dos postos de saúde representam muito para as comunidades e proporcionam condições melhores de trabalho às equipes, que podem oferecer um atendimento mais humanizado às pessoas. Já investimos muito na área da saúde pública e tiramos do papel a UPA, que em um ano registrou mais de 100 mil atendimentos. Também estamos instalando um grande posto de saúde na área central, que vai atender mais de 30 mil pessoas”, destaca o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Acélio Casagrande, a Secretaria Municipal de Saúde, além de coordenar as obras nas unidades, continua trabalhando para agilizar os atendimentos e reduzir filas de espera, entre consultas, exames e pequenas cirurgias. “Quando as equipes têm condições melhores de trabalho nas UBSs os resultados são melhores. Estamos melhorando os atendimentos em todas as unidades, atendendo as pessoas de uma maneira mais humana. Reduzimos as filas de mais de 20 mil para 7 mil pessoas. E vamos continuar com essa pegada”, explica.

Novas unidades nos bairros Sangão e Vila Zuleima

Nos bairros Sangão e Vila Zuleima, a Administração Municipal contemplará os moradores com novas, equipadas e modernas UBS. Com investimento de R$ 470 mil, sendo R$ 408 mil proveniente do Governo Federal, via Ministério da Saúde, a UBS Sangão será inaugurada no próximo dia 25. Já a UBS Vila Zuleima, que recebeu investimento de aproximadamente R$ 480 mil, sendo R$ 408 mil oriundo da União, será entregue aos munícipes no dia 31 deste mês.

“Além dessas novas unidades, Criciúma também vai ganhar nos próximos meses dois novos postos de saúde nos bairros Mina do Toco e Wosocris”, conta a secretária municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Kátia Smielevski. “Nas unidades do Sangão e da Vila Zuleima haverá sala de curativos, sala de inalação, sala de triagem, sala de esterilização, sala de utilidades, sala administrativa, sala de espera, consultório odontológico, consultório ginecológico, sanitários adaptados, depósitos, entre outros setores. Tudo para melhor atender os usuários”, complementa.

No bairro Mãe Luzia, a Prefeitura de Criciúma programou a entrega das obras de reforma da UBS para o dia 8 do próximo mês.

UBS Brasília entregue aos moradores

Na região da Grande Próspera, a comunidade do bairro Brasília foi beneficiada com a conclusão das obras de reforma da UBS local. Os trabalhos de modernização da rede elétrica, troca de forro e telhado, readequação da rampa de acesso, além de outras melhorias, foram entregues pelo Governo de Criciúma na última sexta-feira (11). “A reforma não deixou a desejar. A unidade ficou bem equipada e a gente agradece a todos”, comenta a presidente do Conselho Local de Saúde do bairro Brasília, Luiza Domingos Euzébio.

Confira as entregas das obras de reformas e inaugurações de UBS em programadas em Criciúma:

Sexta-feira (13/10):
16h - Entrega das obras de reforma da UBS Cidade Mineira Velha
Investimento: R$ 11,7 mil

19h - Entrega das obras de reforma da UBS São Roque
Investimento: R$ 55 mil

Sexta-feira (25/10):
19h - Inauguração da UBS Sangão
Investimento: R$ 470 mil

Quinta-feira (31/10):
16h - Entrega das obras de reforma da UBS Vila Zuleima
Investimento: R$ 480 mil

Sexta-feira (08/11):
19h - Entrega das obras de reforma da UBS Mãe Luzia
Investimento: R$ 380 mil

Fonte: Assessoria de Imprensa