Em Florianópolis, a Secretaria Municipal Saúde confirmou o primeiro caso de dengue no município em 2019. É o primeiro registro da doença contraída na própria localidade no estado.

O Centro de Controle de Zoonose da Capital informa que tomou as medidas de proteção ambiental recomendadas e que a administração vem trabalhando nos bairros com armadilhas e conscientização.

Em Araranguá, oito focos do mosquito Aedes Egypti já foram encontrados. Sete deles estavam localizados no bairro Mato alto e um foco no bairro Cidade Alta.

Histórico

Em 2018, o estado atingiu números preocupantes em relação ao mosquito responsável por transmitir doenças como dengue e zika vírus. Foram encontrados em Santa Catarina ano passado 15.886 focos do Aedes aegypti em 164 municípios catarinenses, um acréscimo de 37,3% na comparação com 2017, quando foram localizados 11.566 focos em 144 cidades.