Durante o encontro regional do Progressistas realizado na última semana em Sombrio, o presidente da Câmara de Vereadores de Araranguá, Daniel Viriato Afonso, foi chamado para se posicionar junto das principais autoridades do partido no Vale. O reconhecimento foi feito com a presença de nomes estaduais como o senador, Espiridião Amin, e o presidente da sigla em Santa Catarina, o ex-presidente da Alesc, Silvio Dreveck. Alguns ex-prefeitos, prefeitos e vereadores com mandato também estavam presentes no encontro de progressistas que reuniu filiados dos 15 municípios da Amesc.

Segundo o deputado estadual, José Milton Scheffer - que realizou o evento, o objetivo foi tratar das eleições do próximo ano e a necessidade de organizar o partido. “Precisamos unir forças para fazer um excelente trabalho e com o maior número de eleitos no Extremo Sul”, comentou lembrando ainda que um dos maiores focos será atrair mais jovens e mulheres para participar do pleito eleitoral.

Durante o uso da palavra, o presidente do Legislativo araranguaense reforçou que a campanha será diferente. “Não podemos garantir quem serão os eleitos, mas as chances de vitória são maiores para quem estiver organizado com antecedência”, aconselhou, já que tem experiência tendo coordenado diversas campanhas. Também participaram do evento o vereador, Marcio Scarsanella, o Tubinho, que será candidato a releição e o diretor do Samae, José Hilson Sasso, além do presidente do partido em Araranguá, vereador Jacinto Dassoler, que também deve disputar a reeleição em 2020.

Daniel segue no segundo biênio como presidência da Câmara de Vereadores de Araranguá. O trabalho foi reconhecido em todo Estado como a única Câmara a não pagar diárias a vereadores e servidores desde 2017. Eleito por cinco mandatos, não disputará como vereador novamente. É cogitado para a majoritária, mas entende que o prefeito Mariano Mazzuco é o sucessor natural já que pode ir à reeleição, porém não descarta a possibilidade caso seja requisitado pelo partido.

Fonte: Assessoria de Imprensa