A gestão democrática nas escolas municipais de Araranguá já é uma realidade. Com a escolha livre dos diretores, a comunidade escolar passa a ter melhores condições de trabalhar democraticamente dentro das unidades, trazendo maior vínculo entre alunos, professores, pais, comunidade escolar e diretores.

Para o vereador Fernando Espindula, esta modalidade de escolha de diretores das escolas do município deve ser estendida às creches municipais, cuja escolha dos coordenadores ainda passa por indicações políticas. Pensando nisso, em seu último dia no exercício do mandato, na quarta-feira, 03 - a próxima sessão será marcada pela volta do vereador João Abilio Pereira, que estava em licença médica - o vereador Espindula encaminhou o Requerimento 069/2019, solicitando que o prefeito Mariano Mazzuco amplie a gestão democrática para a Educação Infantil. A possibilidade já está devidamente autorizada pela Lei Municipal 3.6287/2019.

“Isso fortalece a democracia. E vem funcionando muito bem nas escolas públicas do município. Há previsão legal, mas até agora, só fica no papel. Quem sabe no ano que vem temos esse tipo de gestão democrática nos Centros de Educação Infantil também?”, questiona.

O requerimento foi bem recebido e aprovado por unanimidade por todos os integrantes da Casa Legislativa.

Fonte: Assessoria de Imprensa