Durante sessão solene, conforme determina o regimento interno, a mesa diretora da Câmara Municipal de Araranguá foi empossada na tarde desta quarta, 2. A eleição aconteceu no dia 19 de dezembro e reelegeu à presidência o vereador, Daniel Viriato Afonso (PP), que comandará a casa no biênio 2019/2020. A novidade nesta composição fica por conta do nome do vereador, Ronaldo Soares (MDB), que assume a função de segundo secretário. Os demais vereadores, João Abílio Pereira do PRB (vice-presidente), Paulo Roldão do PSDB (segundo vice-presidente) e Luciano Pires do PSB (primeiro secretário) também se mantiveram na mesa e assinaram o termo de posse na solenidade.

Umas das principais marcas da gestão passada, que garantiu a reeleição da chapa comandada por Viriato, foi a economia em torno de R$ 2 milhões entre os anos de 2017 e 2018. Ao final do ano passado, somaram-se 24 meses sem nenhum dos vereadores e servidores receberem diárias, pagamentos ou adiantamentos de viagens e seu custeio. Esta foi uma das principais medidas adotadas que geraram a economia divulgada. Durante a posse, o presidente agradeceu a confiança. “Tudo o que fizemos nos dois últimos anos, foi graças a compreensão dos vereadores. Tenho consciência que muitas coisas devem ser melhoradas, mas já atingimos alguns avanços e isso nos deixa imensamente honrados”, disse.

Apenas os vereadores Adão Vieira dos Santos (PR) e Igor Batista (PV) não participaram da sessão de posse da mesa. Já a primeira sessão ordinária do ano está prevista para fevereiro, quando o calendário anual de sessões também será votado.

Fonte: Morgana Daniel