Dados do Centro de Controle de Prevenção da Doença dos Estados Unidos apontam que 1 entre cada 50 crianças sofre com autismo e que apesar do  alto índice de casos com pessoas com este transtorno, muitas tem dificuldade em encontrar um tratamento adequado.

Visando garantir os direitos do público autista será votado na próxima quarta-feira, 18, na Câmara de Vereadores de Araranguá um Projeto de Lei que cria a Semana Municipal de Conscientização do Autismo e Institui a Política Municipal de Atendimento aos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista.

O Projeto é de autoria do Vereador Jair Anastácio, que em parceria com alguns pais, elaborou a proposição. “Queremos que o munícipio crie políticas municipais de atendimento as pessoas que vivem com este transtorno e que esse tema possa ser debatido em Araranguá com mais frequência, por isso também a criação de uma semana de conscientização”.

Na proposta do vereador que institui essa política municipal, algumas necessidades precisam ser cumpridas. “Caso meu projeto seja aprovado e o prefeito sancione, solicitamos que ações sejam realizadas a propagação deste assunto, para que seja dada uma atenção integral as pessoas com este transtorno que culminará na inserção das mesmas”, esclareceu Jair.

Quanto à semana municipal, a solicitação é que a prefeitura acrescente no calendário oficial do município a programação e que sejam realizadas ações para a fomentação deste debate em Araranguá. “Estamos com uma expectativa muito positiva para votação. Falar de políticas públicas para o autismo é falar da melhora da qualidade de vida de muitas pessoas”.

Fonte: Assessoria de Comunicação Vereador Jair Anastácio - (PT)