Uma das reivindicações mais expressivas da população está prestes a ser concretizada. Foi assinada na manhã desta quinta-feira, 28, a ordem de serviço que autoriza a construção da ciclovia na Rodovia ARA-227. O projeto criado em 2016, na gestão de Sandro Maciel, passou por diversas alterações até que as obras pudessem ser iniciadas.

O prazo para a conclusão é de oito meses, e a empresa responsável pela obra é a construtora Crema Engenharia, de Criciúma. Na cerimônia, o prefeito interino Junior Menegalli, relembra as dificuldades enfrentadas para tirar a obra do papel. “Herdamos o projeto da gestão passada, não conseguimos aproveitar nada e tivemos que refazer todo ele. Deste então, passou por diversas idas e vindas até que a Caixa Econômica Federal aprovasse para iniciarmos a construção. Gostaria muito de agradecer a toda equipe da prefeitura, a equipe de engenharia, ao secretário e a todos que estiveram envolvidos no processo. A ciclovia é mérito de cada um aqui”, destaca o prefeito.

O secretário de Planejamento, Fernando Serrano - um dos principais responsáveis pela ciclovia - comemora a conquista. “Hoje é um dia importante, com esta conquista nós iremos inovar a mobilidade no município. Com muito esforço, conseguimos aprovar este projeto dentro dos moldes necessários. Foi um trabalho muito árduo e complexo. Esta conquista veio de um trabalho em conjunto e se não fosse a participação de todos nós, não estaríamos aqui nesta solenidade. Peço que a população entenda que os transtornos temporários gerados pela obra, trarão benefícios permanentes para a região", finaliza.

O prefeito, aproveitou a cerimônia para destacar a importância da ciclovia para os araranguaenses. Segundo ele, a obra trará diversas melhorias, que vão além da locomoção de ciclistas. “A ciclovia não é só mobilidade urbana, é esporte, lazer e traz uma série de coisas boas. Eu vi muitas pessoas criticando esta obra, falam que há demandas mais urgentes no município, mas não é uma opção investir este dinheiro em outro setor. Esta obra trará muitas coisas boas para a população, inclusive segurança. Eu sou ciclista e faço esse trajeto e sei que ele é muito perigoso para quem se desloca até o Morro dos Conventos”, salienta.

A solenidade reuniu diversas entidades, autoridades e lideranças políticas do município. Também estava presente no evento, o ex-prefeito Primo Menegalli, pai do atual prefeito em exercício.

Corte de gastos

Outra pauta abordada pelo prefeito foi a importância da clareza e nitidez na política nos dias atuais. Relembrou do seu ato simbólico, realizado na última quarta-feira, 27, com a colocação do mural físico da transparência no calçadão, para incentivar a fiscalização do poder público pela população. “Existe um valor muito grande da transparência para a sociedade brasileira. Na época em que meu pai iniciou isso aqui, já era uma coisa muito bem vista. Ontem colocar o mural fisicamente no calçadão foi um ato simbólico, pois já existe na internet o portal da transparência que pode ser acessado por qualquer pessoa. Desde que iniciei minha gestão, luto pela redução de despesas na prefeitura. Como vice-prefeito, me abstive da verba destinada ao meu gabinete, uma dotação orçamentária anual de R$ 500 mil, que reduzi a zero, Araranguá precisa disso. Nós iremos combater estes tempos difíceis com transparência”, finaliza.