Na tarde desta quarta, 21, antes da realização de mais uma sessão ordinária na Câmara de Vereadores de Araranguá, servidores e vereadores receberam de representantes da empresa Softcam um treinamento para uso do chamado painel eletrônico de votação. É que a partir de agora as votações serão computadas num sistema informatizado e o resultado será identificado no telão exposto no plenário, informando como foi o posicionamento de cada vereador. “Além de tornar o processo de votação mais transparente, fará com que as pessoas que acompanham as sessões, entendam melhor a dinâmica do procedimento”, esclarece o secretário da mesa diretora, vereador, Pedro Paulo de Souza.

Todos os projetos, requerimentos e indicações também serão expostos na sua íntegra no telão, assim como o cronômetro para que o tempo da fala de cada um seja limitado de acordo com o regimento interno. Para a votação, cada vereador fará uso de um tablet afixado em sua mesa, e o resultado promete ser divulgado em no máximo 20 segundos. De acordo com o diretor da empresa, Ademir Sebold, outras vantagens podem ser consideradas neste processo de informatização. “O sistema é moderno e as pessoas podem se utilizar também do novo site para acompanhar a tramitação de todos os projetos, os pareceres das comissões, a prestação das contas através da transparência e até mesmo deixar mensagens para os vereadores. O sistema é completo e conta também a transmissão ao vivo das sessões”, disse.

Para a votação no painel eletrônico foram investidos em torno de R$ 6,5 mil na compra dos equipamentos. “Já faz alguns meses que estamos implantando todo este sistema informatizado que foi pensado nos mínimos detalhes. Assim como a maioria dos serviços públicos e privados, o processo Legislativo também precisava se modernizar, principalmente para tornar o trabalho dos vereadores mais próximo da população”, concluiu o presidente da casa, Daniel Viriato Afonso.

A ideia foi aprovada pelos 15 vereadores que já se adaptam a nova tecnologia.

Fonte: Morgana Daniel