O projeto “adote uma nascente”, elaborado pelo vereador Jair Anastácio (PT), tem como objetivo promover a recuperação das nascentes situadas em áreas públicas, bem como em privadas, que hoje estão degradadas.

A ideia é que seja feita a criação deste programa de preservação de nascentes dentro da FAMA (Fundação Ambiental do Município de Araranguá), e que pessoas públicas ou jurídicas ou até mesmo entidades dispostas a colaborar, de forma voluntária, com recursos financeiros, serviços ou doação de materiais para a manutenção de uma ou de um conjunto de nascentes.

O vereador Jair Anastácio, comenta sobre a responsabilidade que cada um tem com o lugar em que vivemos. “As nascentes são muito importantes e temos diversas em nossas cidades, muitas vezes esquecidas. Com este projeto estaremos preservando o meio ambiente e zelando por ele. Cuidar das nascentes é responsabilidade de todos nós, se não cuidarmos hoje, o impacto não será agora, mas sim nas gerações futuras", pontou.

O apoiador ganhará um certificado, explica o autor do projeto. “Cada colaborador receberá um certificado de adotante de nascente, devendo ser renovado anualmente, conforme sua vontade ou avaliação do órgão responsável, mas vale lembrar que pessoas com pendências judiciais ligadas a crimes ao meio ambiente não poderão participar”.

Pessoas que tiverem uma nascente em sua propriedade, mas não tiverem recursos para preservá-la, poderão disponibilizar a área para ser adotada por outra pessoa ou entidade, explica Anastácio. “Pode ser que existam pessoas que tem em casa uma nascente, mas por falta de conhecimento ou estrutura não podem sinalizar e preservar, assim sendo, outra pessoa pode adotar esta nascente e dar o apoio necessário”.

O projeto foi aprovado pela maioria dos vereadores e vai para as mãos do prefeito, que decidirá pela aprovação ou rejeição. “Esperamos que o prefeito sancione esta lei, a partir daí o poder executivo tem 180 dias para implantação”, finalizou Jair.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Jair Anastácio