Na última terça-feira, 08, aconteceu na comunidade do Campinho, interior do município de Araranguá, uma reunião solicitada pelos moradores, para tratar da situação da Escola Fundamental Fundo do Cedro, fechada a cerca de três meses pela secretaria municipal de Educação, sendo que nenhuma explicação foi dada a pais, alunos e comunidade.

Mesmo sem representante da secretaria de Educação do município os vereadores, Jair Anastácio, Jorginho e Diego Pires realizaram o debate. Cerca de 30 pessoas participaram da reunião essas que relataram a importância da unidade escolar que a mais de 40 anos funciona no bairro, além de que a estrutura que foi totalmente reformada no ano de 2015 e conta com 02 salas novas, uma com ar condicionado e sala de informática.

O vereador Jair Anastácio, reforçou que é preciso leva a área a sério. “A educação não é despesa, mas sim investimento, precisamos saber realmente os motivos do fechamento da escola”, pontuou.

Diego Pires e Jorginho, participaram da reunião e destacaram que seus mandatos estão à disposição dos araranguaenses.

A reunião contou com a presença da presidente do Conselho Municipal de Educação, Rosane da Silva, esta que afirmou que a entidade não foi informada do fechamento.

Como encaminhamento, ficou definido que a presidente do Conselho irá marcar uma reunião com os demais membros -inclusive com a secretária que é componente- na comunidade para que seja solicitada a reabertura do educandário.