A primeira sessão na Câmara de Vereadores de Araranguá neste mês de Agosto foi realizada nesta quarta, 02. Com bom público, os vereadores votaram importantes projetos, principalmente, que determinam a condução de muitas áreas nos próximos anos pela administração municipal. Parte deste público, também estava na casa para prestigiar a primeira sessão em que o recém empossado vereador, Jorge Pereira (PMDB), faria parte. Jorginho, como é conhecido, fez juramento com a presença, inclusive, do deputado estadual, Manoel Mota (PMDB), e divulgou a conquista de R$ 300 mil em emendas para o município através do senador, Dário Berger (PMDB). “Estou me sentindo muito a vontade e ser portador de boas notícias na primeira sessão que participo é privilégio”, disse o novo vereador.

Conforme previsto para a data, a votação do Plano Plurianual (PPA) de autoria do Poder Executivo, com previsão de receitas e despesas entre os anos de 2018 a 2021 na casa de R$ 604 milhões. Com dez emendas propostas, sendo cinco do vereador, Jair Anastácio (PT), uma do vereador, Ronaldo Soares (PMDB) e quatro do vereador, Igor Batista Gomes (PV), o projeto foi aprovado com três das emendas incluídas, quais sejam, que prevê melhorias em algumas comunidades, construção de uma unidade de ensino no bairro Lagoão, e a revitalização da praça, Cesare Cibien, no bairro, Cidade Alta. Agora, os objetivos e metas da administração municipal deverão ser cumpridos como especificado no PPA. “Os investimentos previstos nesta lei tem por objetivo atender às prioridades aprovadas pela população araranguaense através de propostas das associações de moradores e a comunidade em geral”, disse o prefeito, Mariano Mazzuco (PP), que também estava na sessão.

De autoria do presidente da casa, Daniel Viriato Afonso (PP), também foi aprovada uma modificação no Código de Obras, para que as zonas e terrenos de esquina do município que apresentem recuo frontal livre, passem a ser livres também, os recuos para a outra rua.

Ainda foram votados 12 indicações e um requerimento de autoria do vereador Igor, que solicita à Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) a implantação de curso superior em Hotelaria e Turismo no campus de Araranguá.

Estão previstas para a sessão da próxima segunda, 07, outras propostas polêmicas e importantes. Entre elas, a autorização para adesão do município ao programa de gestão das prais marítimas urbanas. “O mês inicia com boas perspectivas e muitos projetos que beneficiam a população. Por isso, convidamos as pessoas para participarem. Isto é muito importante!”, completou o presidente, Daniel.

Fonte: Morgana Daniel