Vereadores de Nova Veneza puderam conhecer mais a respeito do projeto Ingabiroba, de recuperação de matas ciliares, bem como sobre as ações do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Araranguá e Afluentes Catarinenses do Mampituba a noite desta terça-feira, 13.

Durante a sessão do Legislativo, entre outros materiais, o Plano de Bacias do Comitê foi entregue aos presentes. “Importante é falarmos a respeito da necessidade da preservação da água na região, o que está bem explicado no documento que os vereadores receberam. Que, depois de verem nossos dados, eles sejam multiplicadores de boas ações de cuidado com o meio ambiente”, argumenta o presidente do Comitê, Sérgio Marini.

Para os vereadores, que puderam ouvir mais sobre as atividades do Comitê, essas ações são de extrema necessidade para manter a fauna e flora da região preservadas.

O projeto Ingabiroba

O projeto Ingabiroba é uma iniciativa que começou em 2009 em Nova Veneza e Forquilhinha, onde produtores agrícolas recebem incentivos para disponibilizarem áreas para recuperação ambiental, através do plantio de mudas. Já alcançando outras cidades do sul catarinense, a ação é coordenada pela Associação Catarinense de Irrigação e Drenagem, com apoio do Comitê Araranguá, Epagri e Associação de Proteção da Bacia Hidrográfica do Rio Araranguá (AGUAR).

Fonte: Francine Ferreira Variedades (Tadeu Spilere)