A noite de terça-feira, dia 13, foi de comemoração para os seis prefeitos, seus respectivos vice-prefeitos e 66 vereadores eleitos no pleito de 2016 nos municípios de Turvo, Ermo, Jacinto Machado, Morro Grande, Meleiro e Timbé do Sul que compreendem a 42ª Zona Eleitoral da Comarca de Turvo. Os candidatos vencedores nas eleições municipais participaram do ato de Diplomação realizado pela Justiça Eleitoral. O ato representa uma espécie de atestado que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo. Na ocasião, ocorreu a entrega dos diplomas, que são assinados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Quem presidiu a cerimônia foi o Juiz Eleitoral da 42 Zona, Donizete de Souza que fez questão de reforçar aos novos gestores, o texto do artigo 37 da Constituição Federal, que versa sobre a administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. " Senhores prefeitos, vices e vereadores, lembrem sempre da palavra LIMPE no seu real sentido. A Administração sempre obedecerá aos princípios de Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência, portanto mantenham sempre a limpeza em suas gestões” recomendou.

Estavam presentes na cerimônia, os promotores de Justiça Luis Carvalho Botega e Claudio Guedes da Fonseca que destacaram a importância da transparência e da moralidade na gestão pública. A entrega dos diplomas ocorre sempre depois de terminado o pleito, apurados os votos e passados os prazos de questionamento e de processamento do resultado das eleições.

Foram diplomados o prefeito eleito de Turvo, Tiago Zilli e o vice Edson Jair Dagostin, o prefeito eleito de Jacinto Machado, João Batista Mazzari, o Gaiola e seu vice Aldo Brognoli, o prefeito eleito de Meleiro, Éder Matos e seu vice Rogildo Bordignon, o prefeito eleito de Timbé do Sul Roberto Biava e sua vice Maria de Fátima Lodeti, o prefeito eleito de Morro Grande, Valdionir Rocha e seu vice Eduir Marcelo, o prefeito eleito de Ermo, Aldoir Cadorin e seu vice Donato Della Vechia, além de 66 vereadores eleitos nestes municípios.

Durante seu pronunciamento, o prefeito eleito de Turvo falou em nome dos demais e reforçou a fase difícil que atravessam os municípios. “Será um ano difícil para a economia do país e isso significa que cortes deverão ser feitos em todas as áreas para não esgotar as fontes de investimentos. Apesar da retração econômica temos compromisso com a população que nos elegeu para gerir com eficiência o município e nos esforçaremos para isso” pontuou.

O vereador eleito em Morro Grande, Diogo Crepaldi representou os demais 65 legisladores eleitos e discursou sobre o momento especial para todos. “Hoje é um momento especial para a carreira de cada um de nós. Em 2017 será o momento de justificar a escolha feita pelos eleitores realizando um bom trabalho”, declarou.

Betinho promete dialogar com a população

A falta de diálogo entre o atual prefeito Eclair Alves Coelho e a equipe que deveria fazer a transição de governo foi criticada pelo prefeito eleito de Timbé do Sul, Roberto Biava, o Betinho (PP). “O único município da Amesc onde não houve transição foi Timbé do Sul, mas a expectativa é grande para conhecer de perto a realidade atual da prefeitura. O que sabemos de certeza é que o município enfrenta uma série de problemas econômicos e uma crise grande na área da saúde. Nosso objetivo a partir de agora é trabalhar para dar um novo rumo ao município” conta. Betinho prometeu manter o único Hospital da cidade de portas abertas e melhorar a saúde local. O novo gestor também falou em ampliar e fortalecer a Defesa Civil municipal que precisa estar bem equipada para atender o município que sofre todos os anos com as fortes chuvas que provocam enchentes, alagamentos e deixam famílias inteiras ilhadas ao pé da Serra.

Prefeito reeleito de Morro Grande

Em Morro Grande, a reeleição do prefeito Valdionir Rocha e seu vice Eduir Marcelo, representam a aprovação do governo que se encerra este ano. Para o ano que vem, Valdo promete economizar mais e investir em áreas prioritárias como saúde e educação. “Os desafios para a próxima gestão são enormes. O atual cenário econômico nos deixa preocupados. Para administrar será preciso pés no chão e muita economia. Meu projeto será investir somente em áreas essenciais como saúde e educação, além de cortar gastos com pessoal. Não é momento de fazer aventuras”, afirmou.

O prefeito reeleito revelou ainda que em fevereiro do próximo ano deve inaugurar um antigo sonho da comunidade local. O prédio da prefeitura já está pronto e necessita apenas de mobília para funcionar. “Morro Grande está prestes a completar 25 anos e não tinha um centro administrativo próprio. Com o novo prédio será possível fugir do aluguel e economizar também em água, energia, e muito mais”, pontuou.

Em Turvo o desafio será manter o ritmo de crescimento

Os indicadores econômicos comprovam que Turvo é o município mais pujante do Extremo-Sul. Turvo é atualmente o maior produtor de sementes de arroz de Santa Catarina. Nesta modalidade são colhidas em média 150 sacas de arroz por hectare. Mas além da potência no setor agrícola o município foi considerado referência estadual nas áreas da saúde e educação com índices otimistas nestes setores.

O impulso que o município recebeu nos últimos anos tem muita contribuição da Administração Municipal que realizou o maior volume de obras da história de Turvo. Thiago Zilli que atualmente é vice-prefeito ao lado de Ronaldo Carlessi, está confiante e mostra-se grato à população. “Reafirmo os compromissos feitos em campanha onde nos comprometemos a defender a população e buscar recursos para continuar fazendo Turvo progredir. Sou eternamente grato pela confiança recebida e quero retribuir com muito trabalho. Temos que ver a crise como oportunidade de se preparar e planejar”, revela.

Tiago disse estar tranquilo ao assumir uma prefeitura com as contas em dia, recursos garantidos em caixa e ainda obras sendo realizadas e entregues á comunidade. “Turvo está preparada para enfrentar os novos desafios”, finalizou.

Prefeito eleito de Jacinto Machado promete administração enxuta

O ano de 2017 começa com muita economia em Jacinto Machado. A promessa é do prefeito eleito João Batista Mazzari, o Gaiola e seu vice Aldo Brognoli que comando o município a partir do ano que vem. “Vamos começar tomando conhecimento da realidade econômica do município. Incialmente teremos apenas três secretarias funcionando, Administração, Educação e Saúde, o que deve garantir um governo enxuto e responsável.

Em relação ao turismo, setor que recebeu grandes investimentos nos últimos anos, o prefeito eleito afirma que pretende ampliar o diálogo com os empresários do ramo e que dedicará atenção especial a área. “Jacinto Machado tem grande potencial turístico e precisa se desenvolver para gerar economia e renda. Faremos isso com muito empenho e dedicação” pontuou.