AssCom Araranguá - Especial W3
Araranguá

 A comunidade escolar de Araranguá participou de um ato histórico na educação da rede municipal de ensino, durante todo o dia do último sábado, 30. Cinco escolas básicas elegeram pelo voto de professores, funcionários, pais e alunos, os diretores que estarão à frente das unidades pelos próximos três anos e sete meses. Quatro escolas votaram em aceitar ou não os candidatos únicos às vagas. Em um delas, na E.B.M. João Matias, do bairro Coloninha, houve disputa entre duas candidatas.

Na E.B.M. Otávio Manoel Anastácio, do bairro Jardim Cibeli, o candidato Manoel Soares (Neco), obteve 159 votos favoráveis, dos 165 totais. Na E.B.M Jardim das Avenidas, a candidata Roselani Rocha Nazário Maciel (Zela), foi eleita com 227 votos, de 232; na E.B.M. Almerindo Manoel La Luz, da comunidade de Campo Verde, bairro Polícia Rodoviária, o atual diretor Maurício Réus foi confirmado no cargo. Dos 97 votos, ele conquistou o apoio de 94 eleitores. Única disputa nesta eleição, a E.B.M. João Matias, localizada no bairro Coloninha, elegeu Ecilda Pereira Luiz, a Sici. Ela obteve 161 votos, enquanto a candidata Andréa Goulart Vieira Clemes recebeu 49 votos. Outros três votos optaram por nenhuma das candidatas.

A presidente da comissão eleitoral, Terezinha Santos da Rosa, afirma que o processo foi de tranquilidade durante o sábado. “Prevaleceu o espírito democrático e a comunidade escolar abraçou a ideia de eleição direta e compareceu às urnas. Parabéns aos eleitos e temos a clareza que irão fazer valer os votos que receberam estando na direção das escolas”, declara Terezinha ao afirmas que a data da posse está marcada para ocorrer no próximo dia 16 deste mês.

A secretária municipal de Educação, Valdina Darós De Luca, a proposta de Gestão Democrática nas escolas cumpre mais uma das metas elencadas pelo Plano Municipal de Educação. “A eleição direta para diretor de escolas representa o compromisso da administração com a educação e que dará mais um importante salto de qualidade na rede municipal. Quando o Plano Municipal de Educação foi elaborado, era prevista a realização da eleição. Ao concretizarmos mais esta etapa, temos a convicção de poder trilhar os caminhos certos para a busca permanente da qualidade da educação”, enfatiza a secretária.

O prefeito Sandro Roberto Maciel parabenizou os eleitos e a participação da comunidade escolar na eleição. “Foi um grande ato democrático e parabéns a todos que se envolveram neste processo. Sem dúvida fizemos a coisa certa em promover as eleições diretas para diretores das nossas escolas básicas. Eu poderia continuar com as nomeações por decreto, mas preferi passar a nomear mediante a escolha da comunidade. A pedido da categoria transformamos a eleição em lei e daqui pra frente todo prefeito vai ter que realizar a eleição”, afirma o prefeito Sandro Roberto.

 Os eleitos

Manoel Soares, o Neco: “Atuo há 17 anos no bairro Jardim Cibeli, uma comunidade que conhece o meu trabalho e espero colocar em prática tudo o que foi proposto no plano gestor.  O apoio nesta eleição confirma o respaldo que terei dos pais, alunos, funcionário e professores com relação as nossas propostas de melhorias do espaço físico e também pedagógico da escola”.

Maurício Réus: “Fico agradecido pelos votos recebidos e por poder continuar o trabalho. Vamos dar continuidade  com muito mais força e sei que a cobrança vai ser maior e isto vai nos muito mais força. A comunidade pode esperar muito empenho trabalho ainda mais focado”.

Blau Bloeter: “Agradeço a todas as pessoas que e acreditaram em nossa proposta e será uma honra estar na direção neste ano que a escola completa 40 anos de historia. Sou mais um imbuído nas lutas pela educação que pertence a toda a comunidade. Pretendemos tornar a escola novamente referência dentro do município”.

Roselani Rocha Nazário Maciel, a Zela: “A comunidade pode esperar bastante trabalho e espero contar uma participação maior nas questões do conselho escolar, ativar o grêmio estudantil e tornar a escola ainda mais democrática. Pretendemos inseri a comunidade principalmente nas ações pedagógicas como elevar o índice do IDEB. Aguardamos ainda a conclusão da nossa nova escola para trabalhar em um espaço novo e aconchegante.

Ecilda Pereira Luiz, a Sici Luiz: Como diretora preciso estar atenta a todas as necessidades da escola, tanto na parte física quanto na parte pedagógica. Na parte pedagógica acompanharei os alunos em sala de aula, estarei sempre em contato com o professor procurando soluções para as dificuldades de aprendizagem dos alunos e incentivo à leitura. Na parte física nossa escola precisa de algumas melhorias e quero atuar em caráter de urgência para o termino da obra da quadra, que vem limitando nosso espaço físico, limpeza externa, manutenção da parte elétrica, aquisição de cortinas novas, mobiliário novo, bebedouro e bicicletário, e entre outros.