Em Araranguá, no sábado, 16, frentes pró e contra impeachment se mobilizavam para as decisões do Congresso no domingo. No diretório do PT, centro da cidade, o prefeito Sandro Maciel esteve acompanhado dos companheiros de partido, que usavam os microfones para lançar palavras de ordem e defender a permanência de Dilma no poder: “Não concordamos com o golpe. Nunca foi uma luta fácil, e por isso, não vamos desistir de trabalhar pela manutenção dos avanços sociais que Lula e Dilma trouxeram ao país”, ressaltou. Já os defensores do impeachment não realizaram nenhuma manifestação na véspera das decisões na Câmara de Deputados.