Os municípios de Itajaí e Chapecó foram selecionados pelo governo federal para receberem as primeiras escolas cívico-militares de Santa Catarina. As cidades se juntam a Biguaçu, escolhida pelo governo estadual para integrar o programa. O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub. 
Apenas 13 municípios catarinenses se inscreveram para participar do programa: Chapecó, Itajaí, Jaraguá do Sul, Camboriú, Araranguá, Campos Novos, Correia Pinto, Curitibanos, Fraiburgo, Joaçaba, Vargem, Xanxerê e Caçador.
Um dos requisitos para a instalação de uma escola cívico-militar oferecida pelo governo federal é que ao menos 26 militares das Forças Armadas – 20 praças e seis oficiais – morem na cidade. Outro critério é a necessidade de a unidade de ensino estar instalada em área de vulnerabilidade social.
“Este modelo de escola tem como objetivo, além do ensino básico que todo aluno precisa aprender, encorajar a disciplina, ética e comprometimento, valores que precisam ser fortalecidos em nossa sociedade”, destaca o deputado Peninha. A proposta do MEC é instalar 216 unidades em todo o país até 2023, com 54 por ano

Fonte: Assessoria de Imprensa