Foto: Anderson Machado

O reajuste de até 5,3% no preço do botijão de gás de cozinha de 13 quilos deve chegar no bolso dos consumidores catarinenses nos próximos dias. Caso o aumento seja repassado integralmente, o produto poderá ficar R$ 3,5 mais caro ao longo desta semana.

Conforme o anuncio da Petrobras realizado na terça-feira, 22, além do aumento nos botijões de até 13 kg, o GLP industrial (embalagens acima de 13 kg) também deverá subir entre 2,9% e 3,2%.

Conforme a pesquisa de preço da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o botijão de cozinha custa em média R$ 70 no estado. Caso o reajuste de 5% da Petrobras seja repassado integralmente ao consumidor final, o aumento pode ser de aproximadamente R$ 3,5.