Foto: Jhulian Pereira

Mais uma vez o município de Criciúma leva representantes para a Asia International Mathematical Olympiad (Aimo) ou Olimpíada Internacional de Matemática da Ásia. A cidade carbonífera é destaque em Santa Catarina com a melhor unidade escolar colocada na fase estadual, a Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Dionízio Milioli, e o único município catarinense que participará da Aimo. Nesta edição, realizada na cidade de Taipé, em Taiwan, serão nove alunos criciumenses disputando a competição.

Os representantes já embarcam nesta quarta-feira (31) para uma viagem de aproximadamente 35 horas e com duas escalas. Conforme a secretária municipal de Educação, Roseli de Lucca, a chegada está confirmada para esta sexta-feira (2), sendo que a competição inicia no domingo (4) e segue até o dia 8 de agosto. “Foi pedido para chegar antes, assim os alunos podem se acostumar com o fuso horário, já que são 11 horas de diferença. Nós vamos com nove alunos, três professores, dois diretores, vice-prefeito de Criciúma, Ricardo Fabris, e eu”, explica.

Os noves representantes são das EMEF Dionízio Milioli, que conquistou ouro nacional, EMEF Lili Coelho, que ficou com a prata, juntamente com a EMEF Jorge da Cunha Carneiro. “Estamos muito felizes. No ano passado, com a nossa primeira participação, os alunos e as escolas viram que é possível. Este ano, tivemos 17 unidades escolares participando da fase estadual. O aluno consegue ver que é possível ir representar o seu município numa competição internacional”, ressalta a secretária.

Em 2017, a Administração Municipal conseguiu levar três estudantes para participar da Aimo, na Tailândia. Eles voltaram para o Sul de Santa Catarina com algo a mais na bagagem. Gabriel Domingos Zanoni e Sofia da Silveira Joaquim ganharam medalhas de bronze na competição. Já Lucas Rodrigues, do 6º ano, conquistou menção honrosa. Neste ano, Lucas competirá novamente na olimpíada. “Ele vai novamente, e disse que este ano ele vai conquistar uma medalha. Com a experiência do ano passado, os seus pais já o matricularam nas aulas de inglês, já pensando no futuro”, frisa Roseli.

Segundo a coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Fabiana Martinhago, os alunos que foram competir na Tailândia serviram de exemplo aos demais. “Os nossos estudantes começaram a se dedicar muito mais para poder participar das olimpíadas. Isso está refletindo na sala de aula, estão mais interessados em estudar e aprender a disciplina”, comenta.

As escolas participantes da fase estadual e nacional da edição brasileira da Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras (OIMSF), organizada pela Rede do Programa de Olimpíadas de Conhecimento (Rede Poc) foram premiadas durante este mês, no Teatro Municipal Elias Angeloni. Em um momento de euforia e orgulho, 270 alunos, de 15 escolas municipais, receberam 567 medalhas.

Sobre a Aimo

Realizada desde 2012, a Aimo é uma competição que pretende estimular o interesse pela Matemática e promover um aprendizado de qualidade. A primeira edição foi em 2012 e conta com a participação anual de mais de dois mil estudantes de 13 países ou regiões do mundo.

Confira a quantidade de medalhas entregues no Teatro Municipal Elias Angeloni:

Nível estadual
Ouro: 55
Prata: 177
Bronze: 100

Nível nacional
Ouro: 6
Prata: 49
Bronze: 186

Fonte: Assessoria de Imprensa