Aproximadamente 20 participantes apresentaram interesse no curso de jardinagem em Morro Grande. Isso porque a Epagri e a administração municipal, através da Secretaria de Agricultura, proporão aos pequenos agricultores um aprimoramento no assunto, visando o turismo.

No dia 11 de julho os participantes tiveram aulas teóricas no Centro de Convivência de Morro Grande. Já no dia 18 de julho foi a segunda e última etapa das atividades, com aulas teórica e prática. A instrutora foi a paisagista da Casabella Paisagismo, Daize Mota Da Boit. “O evento está dentro do projeto de turismo do escritório municipal da Epagri destinado aos agricultores que possuem empreendimento nas propriedades formais e informais”, explicou a engenheira agrônoma extensionista da Epagri de Morro Grande, Analice Zaccaron Meurer.

Estiveram presentes proprietários de pousadas, padarias rurais que trabalham com a venda de pães, bolos, biscoitos dentre outros, produtor de morango e os que futuramente pretendem comercializar verduras, sendo da agroindústria familiar rural. “O turista, quando vai viajar, quer ver coisas bonitas, comida boa e belas paisagens. Morro Grande tem isso tudo e esta é a chance dar um brilho a mais para as comunidades e atrativo aos turistas”, frisou Analice.

Após passar toda a parte teórica no primeiro dia de atividade e período do segundo, na tarde de quinta-feira, dia 18, os participantes botaram o aprendizado em prática. Foram executados canteiros e implantação de jardins para que durem mais, não havendo a necessidade de manutenção continua. “O curso abre olhares ao embelezamento das propriedades rurais. Os jardins são a porta de entrada para atrair visitantes e também valorizam a propriedade rural. Temos aqui pessoas hospitaleiras que se preocupam para que as casas sejam bonitas e bem cuidadas”, declarou Daize.

O material para a realização do curso e alimentação foram disponibilizados pela Epagri. Já a Prefeitura Municipal de Morro Grande foi a responsável pelo espaço e a contratação da paisagista. “O curso me trouxe conhecimento de algumas espécies de plantas, ensinou a cultivar e manejar melhor no procedimento de poda de cada tipo. Nós temos o sonho de transformar nossas propriedades rurais em lugares agradáveis, além de atrair cada vez mais visitantes”, contou a participante Joceli Bom Macarine.

A valorização ao turismo tem sido constante em Morro Grande. São sinalizações, obras e acessos viáveis aos que pretendem conhecer as belezas naturais. Um dos incentivos durante o curso foi o cultivo da flor símbolo do município, o gerânio. “Ao plantar o gerânio, os turistas vão perceber que esta é a flor símbolo, pela quantidade que apresentará no município. Esta é a oportunidade dos moradores planejarem os próprios jardins, usando o material que encontram na comunidade, agregando ainda o valor e entusiasmo. É uma corrente. Um jardim bem cuidado em uma casa faz com que o vizinho também sinta o desejo de ter um espaço florido”, destacou a secretária de agricultura de Morro Grande, Tatiani Scarpati Fenali.

Fonte: Fotos: Analice Zaccaron Meurer / Texto: Giorgia Daniel