As crianças que curtem o verão em Balneário Arroio do Silva tem agora mais uma opção de esporte para praticar: o surf. Um projeto realizado pela prefeitura, através do departamento de esportes, e a ASBAS – Associação de Surf de Balneário Arroio do Silva, oportuniza aprendizagem aos pequenos. As pranchas são disponibilizadas pelo departamento de esportes e as aulas são dadas por surfistas da associação.

A aula inaugural do projeto aconteceu no último sábado, 26, e contou com a participação da primeira turminha que compareceu à praia acompanhada dos pais e responsáveis.

A turista, moradora de Novo Hamburgo/RS, Luana Schull estava na praia com a filha Bianca, de 7 anos, e inscreveu a pequena para participar da aula. “A Bi já estava querendo uma prancha, mas a gente ainda estava meio na dúvida porque seria apenas para brincar. Agora ela já tem um fundamento básico e este incentivo ao esporte é bem interessante. Primeira vez que passamos o verão aqui e achei o projeto bem legal”, destacou.

As crianças se empolgaram com a aprendizagem e, muitos, já se destacaram ao pegar as primeiras ondas. Cauã, de 6 anos, foi um deles. Em seu primeiro contato com a prancha, já surpreendeu. A mãe Thayse Souza acompanhou tudo de perto e admirou a aprendizagem colocada em prática no mar. “Muito bom este projeto. Ele se empolgou bastante e os instrutores são muito bons, o que incentiva ainda mais”, declarou.

As aulas são gratuitas e acontecem todos os sábados das 9h às 10h. Podem participar crianças de 7 a 13 anos. As inscrições podem ser realizadas no departamento de esportes, que fica localizado na quadra central – atendimento de segunda a sexta-feira das 13h às 19h. O limite é de 15 alunos por aula.

“A parceria com a ASBAS deu muito certo e estamos bem contentes com a realização das aulas de surf. Agradecemos a diretoria e os surfistas da associação envolvidos neste projeto, bem como as crianças e pais que marcaram presença nesta primeira aula”, frisou o diretor de esportes, Maykon Viana.

Os interessados devem se inscrever antecipadamente para garantir a vaga nas aulas. O projeto acontece até o dia 2 de março.

Fonte: Bianca Goulart