Na noite de quinta-feira, 13, 258 crianças, de 16 turmas do 5º ano, de escolas municipais e estaduais de Araranguá se formaram no Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd), da Polícia Militar de Santa Catarina. O curso foi ministrado pelo sargento Moisés de Bem Alano, pelo sargento João Batista dos Passos de Oliveira e pelo cabo Elienar Farias.

Estiveram presentes na solenidade o comandante da 1ª Companhia do 19º BPM, capitão Diego Schwartz; o chefe da Seção de Planejamento e Instrução do 19º BPM, capitão Ulisses Rafael da Silva; o comandante da 3ª Companhia do 4º Batalhão de Bombeiros Militar, capitão Vinicius Moura Marcolim; a diretora de departamento, Tomázia Souza Farias, representando a secretária da Educação de Araranguá, Ariane Almeida; a diretora da E.E.B. Professora Dolvina Leite de Medeiros, Maria Vieira; a diretora da E.E.B.M. Jardim das Avenidas-CAIC, Roselaine Rocha Nazário Maciel; familiares, formandos e comunidade em geral.

Estavam presentes também, o cabo Jean Carlos dos Santos, o soldado Edemilson Schmitz Junior, a soldado Maiara Zilli e a soldado Dahiane Machado Casagranda, policiais militares que compõem o quadro de instrutores do Proerd no 19º Batalhão de Polícia Militar.

Em uma das etapas do Proerd, os alunos apresentam uma redação, onde descrevem todas as informações adquiridas e o aprendizado que tiveram durante as aulas. Ao todo, 16 redações se destacaram e seus autores foram homenageados. Cada aluno homenageado recebeu uma premiação das mãos das autoridades. Os prêmios foram patrocinados pela Prefeitura Municipal de Araranguá.

Após a premiação dos alunos destaques nas redações, os certificados de conclusão do Proerd foram entregues aos formandos pelas autoridades presentes. A solenidade terminou com a presença do mascote do Proerd, sorteio e entrega de brindes.

Na região da AMESC, são formadas aproximadamente 1.300 crianças todo ano.

Atualmente, o Proerd já formou mais de 1.300.000 crianças em todo Estado de Santa Catarina, e neste ano, completou 20 anos em território catarinense.

Fonte: Franciane de Bitencourt