Estão com os dias contatos as queixas que se tornaram insistentes nos últimos dias em relação a manutenção da Rodovia José Jovelino Costa, entre a localidade de Encruzo do Barro Vermelho e limites de Maracajá com Araranguá. Uma reunião no gabinete do prefeito Arlindo Rocha estabeleceu novos padrões de atividades de manutenção e fiscalização das condições da rodovia, que na estimativa do prefeito Arlindo Rocha, começa a ser pavimentada no primeiro semestre de 2019.

"Nos últimos dias passamos a receber muitas queixas dos moradores daquela rodovia, quanto a manutenção e chamamos a direção da Jazida Eckert para encontrar soluções que atendam as aspirações daquelas mais de 300 famílias impactadas, principalmente, pelos caminhões que fazem o transporte de areia, desde o distrito de Hercílio Luz, até a BR-101, em Maracajá", informou o prefeito Arlindo Rocha, que está confiante em solução efetiva a partir desta semana.

O empresário José Luiz Eckert, proprietário da empresa que faz a extração de areia no distrito de Araranguá, depois de encaminhar procedimentos e ajustes de ações com o diretor do Departamento de Obras de Maracajá, Everaldo Pereira, na mesma reunião, garantiu que as reclamações da comunidade deixarão de existir. Os novos procedimentos devem ser tomados a partir desta sexta-feira, 30, se as condições climáticas permitirem.

Nesta quarta-feira, 28, o prefeito Arlindo Rocha foi a Florianópolis para, entre outros compromissos, entregar documentos solicitados pelo Badesc para continuidade do processo para concessão de empréstimo de R$ 1,2 milhão para execução daquela obra. "A questão documental está superada, entramos na fase de avaliação técnica do projeto de engenharia, que é um processo demorado; acreditamos que possamos iniciar a obra antes do final do primeiro semestre de 2019", disse Arlindo.

Fonte: Prefeitura de Maracajá