Os moradores de Maracajá passaram a contar a partir da última segunda-feira, 12, com um serviço de Pronto Atendimento, na Unidade de Saúde Vila Beatriz, das 16 às 22 horas, sete dias por semana, inclusive nos feriados. "Foi um processo longo e que resultou neste formado, inédito na administração municipal de Maracajá e acreditamos que teremos um serviço de qualidade e humanizado, prestado por uma organização social que vem recebendo elogios por bons serviços prestados na região", disse o prefeito Arlindo Rocha, em rápida solenidade realizada nesta segunda-feira.

A Unidade de Saúde Vila Beatriz é tradicional naquela região e tem história que remonta há cerca de 20 anos. O prédio chegou a ser reformado e ampliado em 2013 e 2014, mas na semana seguinte à última eleição municipal, foi fechado e seus servidores e serviços transferidos ao Cemasas, do lado oposto à BR-101, mais próximo do centro antigo do município. Por falta de pessoal próprio e impedido de contratar por força dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal, a administração contratou o Instituto Civitas de Desenvolvimento Humano, uma organização social, sem fins lucrativos.

O ato solene de reativação da unidade de saúde, agora como Pronto Atendimento, foi prestigiado pelo vice-prefeito Ademir de Oliveira, vereadores, secretários, diretores e servidores municipais, representantes da sociedade civil organizada e por moradores da Vila Beatriz e região. "Desde os primeiros dias de governo o nosso prefeito mostrava seu descontentamento com a falta de atendi mento ao público a partir das 16 horas e superamos essa situação também", registrou o diretor de Saúde, Diogo Copetti.

O prefeito Arlindo Rocha salientou a mobilização popular reivindicando a reabertura da Unidade de Saúde Vila Beatriz, movimento que ganhou a adesão insistente da vereador Maria Lúcia Rocha da Cruz. "Pensamos em utilizar este prédio para abrigar um centro de educação infantil, mas cedemos diante da mobilização da comunidade e da insistência da vereadora Maria Lúcia e com certeza teremos um serviço de qualidade que nossa comunidade precisa e merece", finalizou o prefeito

Fonte: Prefeitura de Maracajá