A Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) emitiu nota hoje, assinada pelo seu presidente, o prefeito de Siderópolis, Hélio Roberto Cesa, o Alemão, contestando as decisões do Governo Federal e se integra à mobilização organizada pela Federação Catarinense de Municípios (FECAM), em favor dos municípios catarinenses.

A nota fala do Auxílio Financeiro aos Municípios, prometido para o segundo semestre de 2017, chamado de “Ajuda Financeira aos Municípios”, a AFM como ficou conhecida. Um apoio financeiro no para os 295 municípios catarinenses, no valor de R$ 78 milhões em parcela única a ser repassada em Dezembro/2017. E do Aumentos abusivos feitos pela Caixa Econômica nas taxas cobradas para a análise dos documentos dos processos de transferências de recursos federais aos municípios. Onde a maioria dos Ministérios transfere seus recursos aos municípios via Caixa, que fica responsável pela análise e aprovação da documentação exigida do município. A nota exemplifica que uma emenda parlamentar no valor de R$ 800.000,00 chega ao município R$ 720.000,00. Isso porque até 2017 a Caixa cobrava 2,5% do valor dos repasses e em 2018 impôs um reajuste que, em alguns casos passa de 400%.

Fonte: Antonio Rozeng