A greve dos caminhoneiros, que completa três dias nesta quarta-feira (11/11), começou a perder força após a determinação da Justiça que proibiu as interdições nas rodovias federais que cortam o Paraná. Aqui na região, o movimento deverá ser fortalecido. Ao menos é isso que espera um grupo de manifestantes que planeja bloquear a rodovia federal em Maracajá a partir das 18h desta quarta-feira. Segundo o motorista Claudio Borges, o Claudião, de 54 anos, a previsão é iniciar a manifestação que terá barricada e cartazes. “Ainda estamos para confirmar o local da manifestação pois alguns integrantes do grupo preferem bloquear em Sombrio, mas tudo indica que será mesmo em Maracajá,” informou por telefone o caminhoneiro que manteve contato com a reportagem da W3.

O grupo que participa do movimento foi convocado pelo Comando Nacional do Transporte. Os manifestantes são autônomos e se declaram independentes de sindicatos. Eles são contra o governo Dilma Rousseff, pedem o aumento do valor do frete, reclamam da alta de impostos e da elevação nos preços de combustíveis, entre várias outras questões.

O movimento não tem adesão total dos caminhoneiros. A Confederação Nacional dos Transportes Autônomos afirmou, em nota, que não concorda com a mobilização, já que a pauta não tem relação com os problemas específicos da categoria. A União Nacional dos Caminhoneiros também informou que discorda dos bloqueios.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística da CUT (CNTTL) também informou, em nota, que o protesto é uma "manobra" de "grupo que tenta usar os caminhoneiros em prol de interesses políticos, que nada têm a ver com a pauta de reivindicações da categoria".

Manifestação em Araranguá e Sombrio

12208691_640193159455512_244096407397394
Em Sombrio na última segunda-feira, manifestantes fizeram barricada usando pneus queimados. Fotos: Jornal Amorim

A segunda-feira acabou sendo marcada por protestos na região. Manifestantes fecharam a BR 101 em Sombrio e a marginal da rodovia federal.

Eles atearam fogo em barricadas feita com pneus, por volta das 22h30min da última segunda-feira, (09/11), interrompendo o tráfego no sentido Norte-Sul. O ponto escolhido foi no elevado de acesso ao centro da cidade de Sombrio. O congestionamento chegou a um quilômetro.

A polícia esteve no local e identificou os organizadores do ato. O Corpo de Bombeiros apagou o fogo dos pneus. Por volta das 23 horas o tráfego foi liberado. Em Araranguá, a marginal da BR 101 na altura do bairro Polícia Rodoviária, também chegou ser bloqueada temporariamente por manifestantes.