Ladrões que assaltaram a agência do Banrisul em Cambará do Sul no início da tarde desta sexta-feira, trocaram tiros com a PM em um cerco montado no município de Praia Grande. Um dos bandidos morreu durante o confronto e um policial ficou ferido.

Ladrões armados invadiram a agência do Banrisul de Cambará do Sul, nos Campos de Cima da Serra, às 15h20min desta sexta-feira. Segundo relatos de moradores da cidade, que assistiram o ataque escondidos atrás de carros e dentro de lojas, três criminosos mascarados chegaram no banco em uma caminhonete. O veículo havia sido roubado de um morador de Cambará, que foi levado para dentro do banco como refém. Enquanto um criminoso ficou de prontidão na frente da agência, outros dois entraram, renderam os seguranças e roubaram dinheiro.

Para garantir a fuga, o trio abandonou a caminhonete e levou dois vigilantes como reféns em um carro preto, também roubado de outro cliente. Segundo a Brigada Militar de São Francisco de Paula, os guardas foram liberados em seguida, sem ferimentos.

Confronto com a Polícia catarinense

A Polícia Militar e Civil da região foi acionada e um cerco foi montado no pequeno município de Praia Grande, onde houve confronto com a Polícia e um policial militar foi atingido no braço pelo bando, fortemente armado.

Segundo informações, os bandidos estariam em três veículos, uma caminhonete Frontier de cor prata, um Ford Fusion de cor preta e um Renault Fluense. Na sequência, a Frontier foi abandonada e um outro veículo foi usado pelos bandidos que continuaram a fuga até chegarem na localidade de Rio do Boi, interior de Praia Grande.

Como toda a Polícia Militar do Vale do Araranguá foi acionada, dezenas de viaturas montaram vários cercos nas possíveis rota de fuga e na mesma comunidade, houve um novo confronto e um bandido foi morto.

Informações extraoficiais dão conta de que uma casa da localidade foi invadida e pessoas feitas reféns. A Polícia Militar de Criciúma também foi chamada para apoio, assim como o helicóptero da PM, o Águia 2 também se deslocou para ajudar na caçada aos criminosos.

De acordo com informações, os bandidos utilizaram outros veículos tomados de assalto, para continuarem a fuga. Um carro da Polícia Civil foi “crevejado” de balas pelos marginais, porém o policial não ficou ferido.

Em um dos veículos abandonados pela quadrilha foram encontradas e apreendidas munições de diversos calibres, entre .556, .357, .380 e .9mm.

Neste momento a polícia ainda está atrás do restante do bando. Mais informações a seguir.