Sindicato dos Comerciários do Vale do Araranguá – Sitracom, fechou nesta semana convenção coletiva com o sindicato patronal. Aumento, referente a maio de 2015, ficou em 9,44%, sendo 1,10% de ganho real

Hoje, dia 30, é o dia do comerciário. Nessa data especial os trabalhadores têm muitos motivos para comemorar. Um deles é referente ao tão aguardado reajuste salarial. O Sindicato dos Comerciários do Vale do Araranguá – Sitracom fechou convenção coletiva de trabalho com o sindicato patronal. O reajuste do piso salarial ficou em 9,44%, sendo 1,10% de ganho real retroativo a maio de 2015. O novo piso salário passa dos atuais R$ 975,00 para R$ 1 067,00.

Pleiteado desde o começo do ano, o acordo é comemorado pelos diretores do Sindicato, Ana Maria Chechetto, Joelcio Cesar dos Santos, o Saba e Valéria Leandro. Eles lembram que o patronal, justificando o momento econômico do país, sinalizavam com um reajuste baseado apenas no Índice Nacional de Preços ao Consumidor - INPC, ou seja, pela inflação. “Após três reuniões no início do ano, o patronal permaneceu irredutível, desta forma decidimos levar a convenção a dissídio,” recordou Valéria.

Durante este período, o Sitracom conseguiu na justiça impedir que o comércio abrisse as portas nos feriados, devido à falta de um acordo coletivo entre ambas as categorias. “As decisões que tomamos lá atrás foram para proteger os trabalhadores, e valeram a pena. Afinal, mais um ano conseguimos um ganho real para a categoria,” afirmou Saba.

O ganho salarial se aplica aos comerciários que trabalham no comércio atacadista, varejista e supermercadista. Para quem ganha acima do piso, o reajuste ficou em 9%. A folga por dia trabalhado em feriados foi mantida e o vale compras subiu de R$ 65,00 para R$ 73,00. Ainda de acordo com a direção do Sitracom, os pagamentos retroativos a maio de 2015 devem ser concedidos pelas empresas até o 5º dia útil de dezembro.

Foto: Ilustrativa