Um crime chocou Balneário Arroio do Silva na última sexta-feira, dia 25. José Ires Morgerot, de 46 anos, estuprou a enteada de sete anos. Por meio de denúncia anônima, o delegado Lucas Fernandes, acompanhado do Conselho Tutelar, foi até a residência do autor do estupro, localizada na Praia da Caçamba. Lá, a criança contou a conselheira que vinha sofrendo o abuso há algum tempo.

Após exames no Instituto Médico Legal - IML de Araranguá, veio a confirmação do abuso sexual. Imediatamente José Ires Morgerot foi preso em flagrante por estupro de vulnerável e posse ilegal de munições. Ainda conforme o delegado, ele já havia sido condenado em 2008 por ter mandado matar o ex-sogro, em Passo de Torres. Ele cumpria a sentença em domicílio, por ter sofrido um acidente dentro do presídio e ter ficado supostamente impossibilitado de caminhar. Mas conforme moradores do Arroio, que entraram em contato com o Portal W3, ele andava de carro e caminhava normalmente pelas ruas da cidade, divulgando bailes, no qual ele era sócio-proprietário.

Reportagem: Da Redação

Imagem Ilustração