Neste ano, serão escolhidos os defensores dos direitos das crianças e dos adolescentes. No dia 4 de outubro, habitantes de municípios de todo o país terão a oportunidade de participar das eleições para o Conselho Tutelar. Segundo o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente de Araranguá, Marcos Tramontin, esta é a primeira vez que de forma unificada e na mesma data, todos os brasileiros devem ir às urnas para eleger quem serão os responsáveis por garantir o cumprimento dos direitos das crianças e adolescentes. “É um momento importante e cabe à população definir quem serão os conselheiros tutelares. Uma forma democrática de exercer a cidadania,” explica.

Quem pode votar?

Todos os eleitores habilitados podem votar — diferentemente das eleições gerais, o voto não é obrigatório, mas Marcos ressaltou a importância de ir às urnas. “É um órgão da sociedade cuidando da sociedade. É preciso conhecer a doutrina e o Eca (Estatuto da Criança e do Adolescente, criado em 1990), ter desprendimento para atender as crianças e uma boa articulação institucional com outros órgãos,” explica o presidente que afirma que o processo eleitoral tem corrido normalmente sem registro de ocorrências.

Onde votar?

Em Araranguá o local de votação será no Colégio Murialdo onde todas as urnas estarão disponíveis para atender os eleitores. A justiça eleitoral vai auxiliar dando suporte e uma comissão do próprio CMDCA estará atuando no dia da votação.

Candidatos defendem suas ideias na W3

Os eleitores que ainda estão indecisos na sua escolha, terão uma oportunidade para avaliar as propostas dos quinze candidatos. A W3 abriu espaço para que eles pudessem expor suas propostas e falar do trabalho que já realizam no setor. A rodada de entrevistas com os candidatos, começou ser exibida na segunda-feira, dia 21 e vai até amanhã. Para conhecer melhor cada um deles basta acessar o portal da W3 na internet ou o facebook da Revista W3

Depois de eleitos

Após o pleito, os conselheiros eleitos e suplentes participação de curso de capacitação na segunda quinzena de novembro. E a posse está marcada para o dia 10 de janeiro de 2016.  O secretário de Assistência Social e Habitação, Eduardo Chico Merêncio, ressaltou a importância de um conselho tutelar forte no município. “O Conselho Tutelar desempenha um papel fundamental de proteção à criança assim como acompanha os direitos e deveres conforme o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA). E é preciso que o município dê suporte de qualidade aos conselheiros para atender as demandas”, afirma Chico ao acrescentar a entrega da reforma do prédio do Conselho Tutelar. “Um dos suportes que a prefeitura está dando ao Conselho é a reforma deste prédio que será entregue entre o fim deste mês e começo de outubro”, complementou o secretário. Os conselheiros tutelares eleitos receberão o subsídio mensal fixado em R$ 1.700,00.

CANDIDATOS

Foto com nome e número de cada um deles.

Nome do Candidato      Nº de Inscrição:

ALYSSON BITENCOURT 10

ANTÔNIO ROBERTO LEANDRO  19

CRISTIANE KUNHASKY ABATTI  7

EDNA BORGES ANTONELLO       6

ELIANE APARECIDA DA SILVA KRÜGER  28

EMERSON FLÁVIO DA ROCHA   2

GEISIANE DE CARVALHO ALBINO            14

GERTRUDES SERUI DE MATOS MACHADO           16

JOSY CIPRIANO IGNÁCIO            11

RAFAEL SHAULYN DE FREITAS   31

ROSANA GOMES             24

SÔNIA MARIA ALVES SADZINSKI             30

TAMARA FERREIRA DA SILVA    23

TATIANI SCHIMITTI VIEIRA         20

VÂNIA REJANE SOARES ELIAS    17

Reportagem: Saulo Pithan

Fotos: David Cardoso