Mais um assalto a mão armada foi praticado por marginais na região do Vale do Araranguá. Por volta das 23hs de quinta-feira, dia 10, um posto de combustíveis localizado às margens da BR 101 em Maracajá, foi alvo de uma dupla armada.

Segundo informações, dois bandidos armados usando capacetes para dificultar a identificação chegaram no posto em uma motocicleta CG de cor escura e anunciaram o roubo e, após roubarem aproximadamente R$ 2 mil em espécie e R$ 1.400 em cheques, os criminosos fugiram pela BR 101, sentido Araranguá

A Polícia Militar foi informada sobre o crime e, rapidamente montou um cerco no intuito de prender ainda em flagrante a dupla de marginais.

De acordo com o Tenente Diego Schwartz, do 19° BPM, várias viaturas se posicionaram em pontos estratégicos e uma guarnição avistou a motocicleta suspeita no bairro Mato Alto. “Ao verem as viaturas, os criminosos empreenderam fuga adentrando no bairro sendo perseguidos pelos militares. No bairro Lagoão, na Rua Dorvalina Broca Pasquali, o piloto perdeu o controle da motocicleta e acabaram caindo, continuando a fuga a pé, se embrenhando em meio ao matagal”, comentou o Tenente, salientando que após buscas, um acabou preso.

A dupla, ao cair da motocicleta, fugiu um para cada lado e durante os trabalhos, militares encontraram e apreenderam um capacete de cor branca usado no assalto, a motocicleta CG de cor azul e placas MDF 8779 de Araranguá e a mochila usada para levar o dinheiro, sendo que dentro do objeto estava o dinheiro e cheques roubados do posto.

Com a área cercada, por volta da 00h15min um dos suspeitos acabou preso, na Rua Roberto Paulino. Para tentar escapar, Josué Bitencourt Pereira de 21 anos, pulou muros e invadiu pátios de residências, porém, sem êxito. O comparsa conseguiu fugir.

Na delegacia, o acusado foi autuado em flagrante pelo delegado plantonista pelos crimes de roubo, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor

Reportagem e fotos: Colaboração Contra o crime