“O cantar é próprio de quem ama”. A frase inspiradora de Santo Agostinho – que estava estampada em cada troféu personalizado, entregue aos nove corais participantes, refletiu o sentimento da direção e coralistas da Associação Coral de Araranguá, ao comemorar, na quinta-feira, 20 de agosto, seus 31 anos de existência.

A Associação Coral de Araranguá que tem como presidente Anadilce Borba de Bettio e como regente Reinaldo Hoepers, conta com 25 integrantes. Foi fundada em 20 de agosto de 1984 e tem como objetivo difundir o canto coral como importante meio de expressão artístico-cultural em Araranguá, região, no estado e também fora dele.

Para celebrar o seu 31º aniversário a entidade promoveu no auditório do Restaurante Caverá Park o 21º ENCONTRO DE CORAIS, evento que faz parte do projeto AGOSTO CULTURAL, que foi criado pela Associação Coral de Araranguá.

O encontro iniciou na sexta-feira, 21, com apresentações dos corais: São Pedro, do bairro Coloninha, coral Frei Gregório de Turvo, Balneário Arroio do Silva e Sagrado Coração de Jesus de Forquilhinha.

A programação encerrou no sábado, 22, com a participação da Associação Coral de Araranguá, Praia Grande, Içara, Serra e Mar de Barra do Ouro e Capão da Canoa/RS e do coral Santa Bárbara de Criciúma. Ao final do encontro todos os corais presentes cantaram “Parabéns a Você” para a Associação Coral de Araranguá pelos 31 anos e do coral Santa Bárbara pelos 55 anos de fundação.

“O encontro foi um sucesso, tivemos grupos com alto nível de interpretações e só nos resta a agradecer aos participantes e aqueles que se dispuseram ir ao evento que tinha acesso gratuito. Vamos continuar lutando para que o canto coral mantenha seu espaço na cultura local e regional”, disse a presidente Anadilce Borba de Bettio.

Os organizadores do 21º Encontro de Corais agradecem a direção do Caverá Park pela cedência do local e aos apoiadores: Massas Rosane, Arroz Panelaço e Supermercados Sete.

Reportagem: Saulo Pithan

Fotos: Jorge Pimentel