“Tu és eternamente responsável por aquilo que cativas”, a frase do Pequeno Príncipe, citada pelo carnavalesco James Périco no último evento das debutantes de Arroio do Silva, descreve bem a forma que todo o projeto foi conduzido.

De apenas um mero sonho, no qual a realização seria um obstáculo a ser alcançado, as 19 debutantes cativaram nos últimos cinco meses todo o desejo de ser uma debutante. Com muita simplicidade, cada uma destas pequenas notáveis demostraram no rosto, a felicidade de estar no momento tão sonhado.

É que na última terça-feira, dia 11, elas passaram pelo último teste para a grande noite. Com a presença de familiares, prefeito e organizadores, o salão do Clube Marítimo ficou pequeno para tanto entusiasmo. O ensaio, coordenado pelo carnavalesco James Périco, deu o toque de como será a Grande Noite.

Cinderelas

Antes de dançar a valsa com os pais e padrinhos, as meninas ganharam o par de sapatos que vão usar na Grande Noite. O presente foi um afago da Beira Rio Calçados, empresa calçadista do Rio Grande do Sul. Com uma alegria transbordante, as debutantes tiveram conhecimento dos passos que terão que ser dados amanhã, dia 14, no evidente dia do baile, no salão do Marítimo.

Para a primeira Dama, Diane Scaini, chegar até este momento é uma realização para a equipe organizadora. “É muito gratificante, no dia do baile, ver um familiar com lágrimas nos olhos. É neste momento que a gente vê que todo nosso esforço valeu a pena,” destacou.

O projeto contempla famílias em estado de vulnerabilidade social, que se enquadraram no Cadastro Único dos Programas Sociais da Assistência Social. “O baile existe desde 2011, sendo essa a terceira edição. E neste ano, mais do que um projeto de inclusão social, o baile virou um programa social, pois além do processo ser bem rigoroso, as meninas durante cinco meses ganham aulas de dança, capoeira e participam de palestras com temas adolescentes,” ressaltou a diretora do departamento de Desenvolvimento Social, Vanei Tomazi Vieira.

O sucesso do projeto é perceptível pela satisfação que cada um dos organizadores sente. O prefeito Evandro Scaini, por exemplo, não escondeu a gratidão que tem por cada um dos responsáveis por ir atrás de patrocinadores, padrinhos e fazer o evento ser uma realidade.

“Eu sempre digo que o baile é um prêmio por todo um trabalho de seis meses,” lembrou o prefeito.

Fotos: David Cardoso