Através do projeto “Samae na escola”, alunos de Araranguá estão recebendo informações sobre água de qualidade, maneiras de economizar água, como funcionam as Estações de Tratamento, uso racional da água, processos físicos e químicos utilizados para que a água se torne potável, entre outros assuntos relacionados à água.

O Samae, através do operador de ETA (Estação de Tratamento de Água), Diogo Soares Fonseca, se desloca até as escolas municipais, estaduais e particulares e explica também sobre desperdício, consumo, cuidado com meio ambiente,  destino correto do lixo e poluição.

Em dois meses, 907 alunos, de nove escolas, já foram beneficiados com o projeto. No final da palestra eles recebem também material educativo e copinhos com água do Samae.

Na manhã de quarta-feira, 29, alunos do 7º ano da E.E.B. Profª Maria Garcia Pessi participaram do debate. Os 70 alunos já estavam aprendendo sobre o assunto e o projeto do Samae veio somar com o aprendizado em sala de aula. “É fundamental este aprendizado para que eles reproduzam em casa e sejam multiplicadores neste processo de cuidado da água do nosso município, além de todo conhecimento sobre os recursos hídricos. A parceria Samae e escola funciona muito bem, é ótima e fundamental”, afirma a professora de Geografia, Cláudia Lima Pastorini Andrade.

Escolas interessadas em receber o projeto podem fazer o agendamento pelo telefone do Samae (48)35240837.